Redes Sociais – 10 dicas do que fazer nas redes da sua empresa

As redes sociais estão ganhando cada dia mais força e possibilitam novas maneiras de se relacionar e consumir. Elas facilitam as conexões sociais, aproximam as pessoas e também estreitam o contato entre clientes e empresas. 

Com média de acesso diário de 3 horas e 45 minutos, o Brasil é o segundo país do mundo que mais usa as mídias sociais, como indica pesquisa feita pelo GlobalWebIndex, ficando, inclusive, cinco posições à frente dos Estados Unidos, que é hoje a maior economia global. Esses dados mostram o potencial de audiência dessas mídias, pois independentemente do segmento do seu negócio, certamente alguém estará procurando por seu serviço ou produto.

Mas apenas possuir um perfil da sua empresa nas redes sociais não é suficiente. É necessário movimentá-lo e também interagir com as pessoas. Você está se comunicando adequadamente com seu cliente pelas redes sociais? 

Confira as 10 dicas que preparamos, para que você saiba como usar essas redes adequadamente.

1 – Conheça seu cliente e defina uma persona

Muito além de conhecer o seu público alvo, identificar a persona é fundamental. O público alvo é abrangente e baseia-se muitas vezes em dados demográficos, como: localização, gênero, renda e escolaridade. Já a persona, além desses dados, possui informações muito mais detalhadas e singulares, como hábitos, interesses e comportamento. 

Uma empresa pode possuir diversas personas e conhecê-las é de suma importância, principalmente na escolha de quais mídias digitais usar, baseando-se em quais seu cliente utiliza, como ele se comporta, qual o tom de voz a ser adotado e como irá interagir com o seu público e se expressar de acordo com a imagem da sua empresa, quais os conteúdos a serem produzidos e também os horários das postagem.

2 – Conheça as redes sociais, como elas funcionam e como o público se comporta

Conhecendo a sua persona e sabendo quais mídias sociais ela utiliza, é necessário entender como cada uma funciona e quais as suas particularidades. Listamos abaixo algumas delas:

Facebook

O Facebook foi criado em 2004 por Mark Zuckerberg e ainda é, com larga vantagem, a maior rede social do mundo, com uma média de 2,2 bilhões de usuários ativos por mês. No Brasil, são 127 milhões de usuários ativos/m��s e é o 3º país no mundo com maior número de usuários, segundo dados do site Statista

O Facebook possui grande potencial para negócios e você pode explorá-lo através de anúncios pagos, perfis e páginas empresariais, contato direto com os seguidores através do Messenger, grupos de venda e o marketplace próprio da rede social.

Instagram

O Instagram possui mais de 1 bilhão de usuários ativos e é mídia social que mais cresceu nos últimos anos. O Brasil é o terceiro país do mundo com mais usuários ativos e alcançou 82 milhões em abril de 2020.

Uma pesquisa encomendada pelo Facebook mostra que 83% dos pesquisados descobrem novos produtos e serviços através do Instagram e você pode utilizar a criatividade para vender. É uma rede social visual e a dica é apostar em imagens e vídeos de qualidade, através de posts no feed, stories e lives, atraindo ainda mais a atenção dos seguidores. 

YouTube

O YouTube foi criado em 2005, comprado pelo Google em 2006 e hoje é a maior plataforma de vídeos online do mundo, com audiência de mais de 2 bilhões de usuários/mês e mais de 1 bilhão de horas assistidas diariamente. É também a segunda ferramenta de busca mais utilizada no mundo, ficando atrás apenas do próprio Google.

O consumo de vídeos vem aumentando consideravelmente. Seja com publicações no próprio canal, investindo em anúncios, parcerias com outras empresas ou influenciadores, o YouTube é uma ótima ferramenta para aumentar o engajamento e a autoridade do seu negócio na web. 

LinkedIn

Conforme dados do próprio site, o LinkedIn possui hoje mais de 690 milhões de usuários em todo o mundo, sendo mais de 43 milhões de usuários no Brasil. Fundada em 2002, é uma rede social profissional, destinada a neg��cios, com foco em recrutamento e potencializador de carreiras.

Um dado super importante sobre o LinkedIn foi levantado pelo HubSpot e mostra o poder dessa rede, especialmente para marketing B2B. Os estudos revelam que ele é 277% mais eficiente na geração de leads em relação às outras redes sociais, como Facebook e Twitter. 

Pinterest

O Pinterest conta com aproximadamente 335 milhões de usuário no mundo todo e é relativamente nova em comparação com as outras redes sociais, principalmente quanto a sua funcionalidade e usabilidade. No Brasil já são mais de 38 milhões de usuários com média de 9 milhões de idéias salvas diariamente.

Usado como fonte de inspiração e catálogo de referências, o Pinterest tem como foco a experiência do usuário. Através das listas de pins e das buscas, com uma boa estratégias de SEO dentro da plataforma, as empresas podem usufruir das preferências dos clientes e direcioná-los para o seu site e vender seus produtos. Ainda pouco explorada, a rede possui muito potencial e com criatividade é possível impactar muitos clientes e gerar receita para sua empresa.

Twitter

Embora possua mais de 330 milhões de inscritos, o Twitter conta com 152 milhões de usuários efetivamente ativos. O Brasil é o sexto país do mundo com mais perfis ativos, chegando a 14,35 milhões em abril de 2020, segundo o site Statista.

Ao contrários de outras redes sociais, que são visuais, o Twitter é mais textual e tornou-se palco importante para debates e discussões políticas e sociais. Limitado a 280 caracteres por post, a rede inicialmente permitia apenas 140. Não possuindo a mesma abrangência que outras mídias, o Twitter continua sendo uma importante ferramenta nas estratégias de marketing para diversas empresas.  

WhatsApp

É o aplicativo de troca de mensagens mais popular do mundo e a 3ª rede social mais acessada, com 2 bilhões de usuários. As últimas pesquisas divulgadas estimam que no Brasil o número de usuários ultrapasse os 130 milhões.

O WhatsApp tem crescido como um dos principais facilitadores da comunicação entre clientes e empresas. Para saber mais sobre essa ferramenta, acesse nosso blog e confira as dicas que preparamos sobre este aplicativo.

3 – Invista no relacionamento

O relacionamento bilateral é a base das redes e mídias sociais. O seguidor, leitor ou cliente pode, a qualquer momento, interagir e questionar publicações e conteúdos por meio desses canais. Nesse sentido, deixar de responder mensagens e comentários é um erro grave cometido por muitas empresas. Isso pode causar a sensação de abandono e descaso, e resultar em uma imagem negativa associada à  empresa.

Focar nas necessidades dos consumidores e oferecer recompensas é a chave do sucesso para garantir um bom relacionamento. A dica é investir em conteúdo relevante e de qualidade, incentivar o engajamento com perguntas e enquetes, fazer sorteios ou oferecer descontos exclusivos para os seguidores e compartilhar em sua página a experiência dos clientes consumindo seus produtos ou serviços.

4 – Conteúdo

Não deixe a rede social parada. Para que você mantenha a atenção dos usuários e audiência constante, é essencial que haja uma periodicidade em suas postagens. 

A sugestão é que você planeje o conteúdo a ser produzido e postado e não use o espaço apenas para vender seus produtos. Crie conteúdos com temas que agradem seus seguidores, de acordo com a preferência e necessidade da sua persona e dirija-se ao cliente de maneira única e não generalizada.

5 – Invista em imagens de qualidade

A famosa frase atribuída ao filósofo chinês Confúcio “uma imagem vale mais que mil palavras” nunca fez tanto sentido como agora, na era das redes sociais: estudos revelam que conteúdos visuais recebem 37% mais curtidas e engajamento do que posts sem imagens.

Tão importante quanto produzir imagens e vídeos de qualidade é fazê-los com as dimensões e formatos adequados à cada finalidade. 

Confira o guia que preparamos com os formatos indicados para usar nas redes sociais.

6 – Tenha uma identidade visual

Dentre os elementos que compõem a identidade visual de uma empresa estão: nome, cores, logotipo, embalagem e muito mais. Ter uma identidade visual bem planejada aumenta as chances de sua empresa ser facilmente reconhecida e diferenciar dos seus concorrentes. Ela é essencial para a criação da marca e representa a personalidade e a imagem que a empresa passa aos clientes.

Nas redes sociais, as empresas disputam a atenção do usuário com uma infinidade de conteúdos e usar os elementos da sua marca na criação das postagens, as tornam mais identificáveis para o consumidor.

7 – Uso de hashtags

As famosas hashtags (símbolo ‘#’ que antecede palavras ou expressões) servem como ícone classificador de assuntos, como mecanismo de busca dentro das redes sociais, e também ajuda a segmentar e alcançar uma audiência que vai além dos seus seguidores.

Uma dica é criar uma hashtag própria, que facilitará a interação do seu público com a sua empresa e também facilita na recuperação da informação relacionada a campanha e posts, possibilitando avaliar/monitorar o impacto das ações.

8 – Invista em campanhas/anúncios

Os algoritmos das redes sociais focam na experiência do usuário, elencando as suas preferências e o que aparecerá na timeline dele, diminuindo o alcance orgânico das postagens. Os anúncios são uma opção para conseguir contornar os algoritmos, atingir mais pessoas e potencializar as estratégias de comunicação. 

A grande vantagem de anunciar nos chamados social ads é que quem decide o valor a ser investido é você, não existe valor mínimo, depende apenas de quais são as suas estratégias e os anúncios podem ser interrompidos ou prorrogados quando necessário . É possível também segmentar os públicos, como faixa etária, localização, gênero e interesses, otimizando e acelerando os resultados. 

9 – Programe os posts

Montar um calendário, criar os textos e as artes e programar as postagens antecipadamente garantem eficiência na administração das redes sociais e otimiza o tempo, permitindo a uma dedicação maior na parte estratégica, onde você conseguirá produzir e planejar conteúdos mais consistentes. No mercado existem diversas ferramentas, algumas inclusive gratuitas, para agendar e monitorar os posts nas redes sociais, que auxiliam e otimizam o processo.

10 – Monitore os resultados

Monitorar quais estratégias estão dando certo e quais geram mais engajamento facilita a escolha dos próximos conteúdos, além de permitir acompanhar com atenção tudo o que estão falando a respeito do seu negócio. O monitoramento permite que decisões sejam tomadas de maneira mais assertiva e com agilidade, diminuindo os riscos de uma exposição desnecessária que possa trazer resultados negativos.

A maioria das redes sociais possuem um Analytics e nele é possível acompanhar seus resultados e, dependendo da sua estratégia, algumas métricas são essenciais para esse acompanhamento, como: alcance, volume, engajamento, ROI, entre outros. 

A dica é acompanhar as métricas diariamente e produzir relatórios mensais com os resultados. Isso permitirá, como já dissemos, um melhor resultado no próximo planejamento e nas próximas ações.

O comportamento do usuário muda constantemente, assim como novas mídias sociais surgem a todo momento. É necessário ter muita criatividade e se manter sempre atualizado para acompanhar essa evolução. Esperamos que essas dicas sejam úteis para que você aproveite todas as oportunidades que as redes sociais proporcionam e caso precise, conte com a CG Multimídia para desenvolver soluções inteligentes para seu negócio. 

× Como posso te Ajudar?